Protocolo Anticoagulação Citrato

 

                1) Infusão de citrato trissódico a 4% na saída do cateter (linha arterial-vermelha)  na velocidade inicial de 170 ml/h. Manter [Cai+2] pós-filtro (linha azul) entre 0,25 – 0,30 mmol/L.

Em pacientes com insuficiência hepática iniciar infusão na velocidade de 140 ml/h.

            2) Checar [Cai+2] pós-filtro (linha azul) no início e a cada 6 horas. Ajustar a infusão do citrato conforme a escala abaixo:

                              

[Cai+2] pós-filtro (mmol/L)

Infusão Citrato

< 0,20

Diminuir em 10 ml/h (avisar médico)

0,20 – 0,24

Diminuir em 5 ml/h

0,25 – 0,30

Não alterar

0,31 – 0,40

Aumentar em 5 ml/h

0,41 – 0,45

Aumentar em 10 ml/h

> 0,45

Aumentar em 15 ml/h (avisar médico)

 

Não diminuir a infusão abaixo de 120 ml/h ou amentar acima de 200 ml/h.

            4) Infusão de solução de cloreto de cálcio (1mEq/10ml-linha venosa central) na velocidade inicial de 45 ml/h. Manter [Cai+2] sistêmico entre 1,12 – 1,20 mmol/L.

5) Checar [Cai+2] sistêmico no início e a cada 6 horas. Ajustar a infusão de cálcio conforme a escala abaixo:

 

 

[Cai+2] sistêmico(mmol/L)

Infusão de Cálcio

< 0,85

Aumentar em 15 ml/h +  2 g gluconato Ca+2 (avisar médico)

0,85 – 0,94

Aumentar em 10 ml/h + 2g gluconato de Ca+2

0,95 – 1,04

Aumentar em 5 ml/h + 1g gluconato de Ca+2

1,05 – 1,11

Aumentar em 5 ml/h

1,12 – 1,20

Não Alterar

1,13 – 1,30

Diminuir em 5 ml/h

1,31 – 1, 45

Diminuir em 10 ml/h

>1,45

Diminuir em 15 ml/h (avisar médico)

 

Não diminuir a infusão abaixo de 30 ml/h ou aumentar acima de 90 ml/h.

 

Voltar